Apesar de ser uma metodologia popular e presente em empresas de qualquer ramo, é muito comum surgirem dúvidas sobre como deve ser trilhada a implantação de uma metodologia de gestão de performance como essa ou até mesmo migrar de outras tradicionais. 


Por isso, vamos te mostrar aqui alguns passos para ajudá-lo nesse processo para garantir que você estruture os OKRs de forma descomplicada.

Como abordado no artigo O que e OKR, a estrutura de gerenciamento de metas e objetivos inicialmente aplicada por Andy Grove e consolidada por John Doerr, se espalhou rapidamente entre empresas de tecnologia – Google, Uber, LinkedIn, Airbnb, Spotify e vem conquistando de forma impressionante vários nichos do mercado nos últimos anos.

Tendo em vista essa variedade de perfis empresariais, buscamos listar aqui algumas dicas comuns para a implementação dos OKRs em qualquer ramo do mercado e mais, em qualquer porte de organização. Vamos lá?

1. Tenha uma estratégia, saiba onde quer chegar.

Os objetivos e resultados-chave serão uma alavanca certeira para alinhar a sua equipe e fazê-los avançar, mas antes de qualquer coisa eles precisam saber para onde estão indo. Então, se você e a sua equipe ainda não pensaram na visão e na missão da firma, esse é o momento para defini-los. A partir daí será possível alinhar todos os OKRs na mesma direção com consciência do valor de cada um deles para o resultado almejado

Você vai perceber que depois disso a sua equipe ficará ainda mais motivada e engajada na obtenção de ótimos resultados. Esta definição trará fortes insumos para a geração dos OKRs estratégicos.

2. Delimite o seu foco.

Para cada decisão, uma renúncia. Por isso, eleja suas prioridades e se concentre no que mais importa. Os OKRs não devem abranger todas as tarefas da sua equipe ou ainda medir performance, mas precisam sim definir o que deve ser priorizado.

Uma boa dica é sempre mirar os seus alvos em 3 objetivos por equipe, com até 3-4 resultados-chave para cada um deles. Além disso, comece com poucos objetivos estratégicos (1-2 objetivos). Dessa maneira, você guiará os esforços e iniciativas de sua equipe na direção comum e será um excelente exemplo para outros grupos seguirem e implementarem a sua abordagem.

3. Seus principais resultados são capazes de responder a pergunta “E daí?”. 

John Doerr nos trouxe este teste rápido para validar se os seus resultados-chave são realmente eficazes, faça isso e ajude as pessoas a se concentrarem na métrica certa e no que é mais importante para a organização.

A seguir, seguem alguns exemplos da aplicação da ideia:

“Publicar duas novas campanhas?” -> E daí? Que impacto esperamos dessas campanhas?

“Liberar recurso X?” -> E daí? Por que precisamos disso? Para aumentar a conversão? Para aumentar a receita? Para adquirir novos clientes?

A resposta destes questionamentos deve ter vínculo direto com o atingimento do Objetivo que o Resultado-chave está vinculado.

4. Mindset

Os OKRs exigem uma posição ativa da sua equipe e transparência, colaboração, responsabilidade pessoal e responsabilidade coletiva são fundamentais para fazer a metodologia ser implementada com sucesso. Portanto, garanta que essas características se façam presentes em sua equipe gradativamente. Outros pontos que também merecem atenção são o bem-estar psicológico e o compartilhamento de feedbacks de elogio e construtivo de forma regular. Sem eles, você não saberia como está a saúde da sua equipe ou teria insights para melhorar cada vez mais seus objetivos. 

5. Comunique-se regularmente

Assim como o mindset, a comunicação assertiva e regular será fator determinante para que a sua equipe compre a ideia. Então, organize reuniões de revisão de OKRs e comunique os OKRs reiteradamente. As reuniões podem ser semanais ou quinzenais para falar especificamente sobre o andamento dos OKRs, mas de forma rápida e eficaz, a intenção aqui é compartilhar as responsabilidades, feedbacks construtivos e inteligência de grupo, para o acompanhamento do progresso das metas e objetivos. 

6. Garanta a adesão do CEO e da alta gestão

Equipes que não têm a adesão da alta administração dificilmente poderão ter sucesso com os OKRs. Isso porque os OKRs estratégicos e a direção geral da empresa são definidos justamente pela alta gestão.  A alta administração deve dar o exemplo definindo e alcançando OKRs e tratando-os com seriedade. Se eles não derem foco e prioridade suficientes, os OKRs serão esquecidos em breve.

Além disso, é uma boa prática seria criar a figura do OKR master. Essa pessoa além de responsável por garantir que os OKRs sejam implementados corretamente, poderia apoiar a alta administração no que for necessário, assim como os outros departamentos. Dependendo do tamanho da organização, é muito comum ter mais de um OKR Master para esta gestão.

7. Paciência, tempo e flexibilidade

Implementar os OKRs é um processo que demanda paciência, tempo e flexibilidade. Comece devagar e evolua gradativamente, assim todos vão poder se adaptar e começar a acertar cada vez mais e em menos tempo. Compreender o processo, descobrir o que é importante, definir os objetivos certos e os resultados-chave relevantes e mensuráveis ​​com foco na entrega de valor para o seu negócio é um desafio. O tempo médio de adaptação de uma nova metodologia como a de OKRs dura em torno de 3 ciclos e é possível validar os resultados concretos a partir de um ano da implementação.

Defina essas expectativas corretamente desde o início, ao apresentar a metodologia, e não desista por não ter resultados da noite para o dia, ao menos que você tenha uma alternativa tão boa e tão validada pelo mercado quanto essa.


Certificação gratuita em OKRs

Certifique-se na metodologia OKR. Comece hoje a mudança em sua carreira. Curso online e gratuito com duração de 2 horas. Comece agora mesmo!

INICIAR CERTIFICAÇÃO EM OKRs

Resumo

Os OKRs provam o seu valor nos mais diferentes nichos do mercado. Use os passos acima e descomplique a implementação dos OKRs, alinhando sua equipe para obter resultados acima do esperado.

Os OKRs podem transformar a cultura da sua organização, engajar as pessoas e criar perspectivas de longo prazo para os negócios. Tenha em mente que usar OKRs é um novo hábito, repetição e prática serão essenciais para o seu sucesso pois nenhuma metodologia é uma solução mágica para garantir resultados.

Confira a ferramenta da 4persons que vai ajudar sua equipe a rastrear OKRs e se concentrar no que é realmente importante.

Comece hoje mesmo a implantar OKRs em sua empresa e em sua rotina: